Blog

12/11/18

Entenda as novas regras da ANAC sobre bagagens, cancelamentos e atrasos de voos

Saiba quais são as novas regras da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), vigentes desde o dia 29 de abril de 2017, e que trazem mudanças para franquia de bagagem, política de cancelamento, assistência para atraso de voos e outros detalhes para os passageiros. Confira todos os detalhes e tenha um embarque tranquilo, depois de aproveitar as ofertas das companhias aéreas.

 

Franquia de bagagem despachada

A partir de agora, as companhias aéreas estão autorizadas a cobrar pela bagagem despachada e não serão mais obrigadas a oferecer a franquia de uma bagagem de 23 kg para voos nacionais e de dois volumes com até 32 kg para voos internacionais.

Dessa forma, as companhias poderão cobrar pelo serviço, com uma taxa extra, como se fosse a taxa de embarque. As empresas terão autonomia para definir como será feita a cobrança e se ela será realmente feita.

 

Confira abaixo as opções de tarifas oferecidas pelas companhias aéreas:

 

Azul

Voos domésticos: a Azul mudou seus preços e passou a oferecer 2 opções de tarifas. A tarifa Azul, com passagens aéreas mais baratas, sem bagagem incluída – se você quiser incluir uma bagagem de 23 kg, basta solicitar antecipadamente (R$ 50), ou no balcão de check-in (R$ 60). A tarifa MaisAzul mantém o mesmo preço de antes e inclui uma bagagem de 23 kg.

Voos Internacionais: em voos para os Estados Unidos e para a Europa, é permitido levar 3 volumes de 23 kg na classe executiva e 2 volumes de 23 kg na classe econômica. Já para a América do Sul e Caiena, é permitido um volume de 23 kg na Tarifa MaisAzul.

 

Gol

Voos domésticos: a Gol terá nova classe tarifária promocional, chamada de tarifa Light, para clientes que aceitarem viajar só com a mala de mão. Se o cliente quiser despachar algum volume, pagará R$ 30 por cada mala de até 23 kg quando solicitado pela internet, autoatendimento e agências de viagens, ou R$ 60 quando o serviço for solicitado no balcão de check-in.

Voos Internacionais: a Gol cobrará por bagagens despachadas em viagens para o exterior. O peso máximo diminui para 23 kg e custará US$ 10 quando solicitado pela internet, autoatendimento e agências de viagens, ou US$ 20 quando solicitado no balcão de check-in.

 

LATAM

Voos domésticos: clientes que escolherem a Tarifa Promo e quiserem despachar suas malas devem pagar R$ 40 (antecipado) e R$ 80 (no balcão) pelo primeiro volume despachado de até 23 kg.

Voos internacionais: em voos pela América Latina, o cliente terá direito a despachar uma bagagem de até 23 kg sem custos, e em outros voos internacionais, essa cota sobe para duas bagagens de até 23 kg.

 

Avianca

Voos domésticos: clientes que escolherem a Tarifa Promo e quiserem despachar suas malas devem pagar R$ 30 por volume despachado de até 23 kg (antecipado) ou R$ 60 (no balcão).

Voos internacionais: todos os voos internacionais têm pelo menos uma bagagem incluída.

 

Franquia de bagagem de mão

É importante salientar que a bagagem de mão terá o seu peso alterado, o que pode facilitar a vida de alguns viajantes, já que antes a franquia era de 5 kg e agora passa a ser de 10 kg. Esta regra vale tanto para voos internacionais quanto para voos domésticos.

 

Detalhes da compra

A nova regra prevê que as companhias aéreas apresentem detalhadamente, desde o início da consulta e em todos os passos da compra, os valores cobrados por cada serviço da empresa, para evitar que hajam quaisquer surpresas em relação a taxas.

 

Políticas de cancelamento, remarcação de voo ou reembolso

Os voos reservados pelos clientes poderão ser cancelados sem que seja necessário pagar uma multa por isso, desde que o cancelamento seja feito num período de até 24 horas após a reserva e com sete dias de antecedência à data do embarque. Outra mudança é que as multas para cancelamento ou reembolso não poderão mais ultrapassar o valor total da tarifa adquirida, o que vale inclusive para voos promocionais. Além disso, a taxa de embarque deverá ser reembolsada integralmente e paga em ate 7 dias após a solicitação de cancelamento.

 

Passagem de volta

Ao contrário do que acontecia antes, a partir de agora será mantida a passagem de volta em voos domésticos, caso o passageiro perca a ida. É necessário comunicar sua desistência antes da decolagem do voo de ida, assim você garante o bilhete da volta.

 

Nome do passageiro

Com as novas regras em vigor, o passageiro poderá alterar a grafia de seu nome no bilhete antes mesmo do embarque, sem ter que pagar nenhuma taxa por isso. A medida é válida para quando há problemas de digitação com o nome ou sobrenome na hora da aquisição da passagem pela internet. O bilhete continua sendo pessoal e intransferível.

 

Extravio de bagagem

Com a nova regulamentação, as companhias aéreas terão um prazo de 7 dias para devolver malas extraviadas em voos nacionais, mas o prazo de 21 dias continua em voos internacionais. Caso o passageiro não tenha sua bagagem ressarcida, a companhia terá um prazo também de 7 dias para indenizá-lo. Vale lembrar que só será entendido como extravio, quando a bagagem não for localizada. Quando acontecer apenas das malas não chegarem junto com o passageiro em seu aeroporto de origem, não há indenização.

 

Assistência em caso de atrasos

As companhias aéreas continuam sendo obrigadas a garantir assistências aos passageiros, quando há atrasos nos voos. O que muda, com as novas regras, é que a acomodação em hotel só poderá ser exigida quando for realmente necessário passar a noite local.

Em relação aos atrasos de poucas horas, as empresas devem agir de acordo com a duração do atraso. Por exemplo: acima de uma hora de atraso, a companhia deve dar assistência para que o viajante use meios de comunicação; para atrasos superiores a duas horas, deverá disponibilizar alimentação; e quando houver mais de quatro horas de atraso, deve garantir acomodação, que pode ser em uma sala VIP ou um espaço diferenciado do aeroporto, não necessariamente em um hotel.

 

Fonte: skyscanner

continuar lendo

05/11/18

10 lugares para viajar no Verão e curtir o calor

A estação mais quente e ensolarada do ano tem que ser curtida em destinos onde o calor não atrapalhe. Para isso, o bom mesmo é estar na praia, na piscina ou na cachoeira, coisas que não faltam neste imenso Brasil e seus arredores. Selecionamos 10 lugares para viajar no Verão e aproveitar o sol antes que o outono chegue.

Quem é chegado numa praia, encontra um verdadeiro parque de diversões em solo brasileiro, com paisagens exuberantes, animação ou muita tranquilidade. Já quem prefere se aventurar no meio da natureza, pode percorrer cachoeiras e quedas d’água, além de piscinas naturais. Dá uma olhada:

1. Prado

Berçário de baleias, Prado só poderia ser coisa boa. Praias de areia fina rodeadas por coqueirais e falésias são banhadas por um mar lindo e até riachos. Atraindo cerca de meio milhão de visitantes, a cidade tem um lado agitado e outro deserto, agradando todos os gostos. Passeios de escuna e mergulho nos recifes fazem o Verão ser mais divertido.

2. Santarém

A terceira maior cidade do Pará atrai casais apaixonados em Lua de Mel e também aqueles que querem se refrescar durante o Verão. Entre os rios Tapajós e Amazonas, servia de aldeia para os índios Tapajós e ainda mantém alguns costumes antigos. A praia fluvial de Alter do Chão é a mais conhecida e cartão-postal da região.

3. Praia do Rosa

Nem todo mundo que vai para a Ilha da Magia se recorda dela, mas os surfistas chegam a fazer plantão nessa praia descontraída e de ondas propícias para o esporte. O local conta com um quiosque e algumas pousadas próximas.

4. Ilha Grande

Um dos lugares mais bonitos do Rio, Ilha Grande é a maior dentro da baía de Angra dos Reis. As águas cristalinas são um convite ao mergulho, que revela diversas espécies da rica vida marinha. O centrinho da ilha é rústico e preza pela simplicidade. Rios e cachoeiras no meio da Mata Atlântica também ajudam a matar o calor.

5. São Miguel do Gostoso

A 100 km de Natal, o município é sossegado e reúne muitas opções de lazer. Os esportes radicais se destacam, sendo um dos melhores lugares do Brasil para a prática de windsurf e kitesurf. Além de se deliciar nas praias, vale a pena visitar o Museu Casa de Taipa, uma casa de pau a pique que reúne parte de costumes dos sertanejos nordestinos.

6. Sengés

Um prato cheio para ecoturistas, Sengés está no Nordeste do Paraná, próxima a São Paulo. Quem quer descansar e relaxar encontra tranquilidade neste pequeno refúgio, cercado de lagos, represas, rios, riachos, cachoeiras, cascatas e o deslumbrante Poço do Encanto, que surpreende pela cor da água.

7. Cavalcante 

Na exuberante Chapada dos Veadeiros, em Goiânia, é possível se deparar com muitos cenários surreais. Um deles fica em Cavalcante, onde há a intensamente azul cachoeira de Santa Bárbara, acessada após 5 km de trilha.

8. Barra de São Miguel

Um dos balneários favoritos da elite, Barra ainda é um ponto meio fora da curva em termos de turismo, porque pouca gente conhece. Ponto de ida para a famosa praia do Gunga, a pequena cidade tem também seus encantos, com ondas fortes durante a maré alta, atraindo surfistas, e piscinas naturais que se formam em maré baixa.

9. São João do Glória

Conhecido como “Paraíso Perdido”, São João Batista da Glória justifica o apelido com seus encantos naturais. São oito cachoeiras de águas cristalinas, 18 piscinas naturais e três ribeirões para a galera aproveitar adoidado. O local ainda é procurado por aventureiros que praticam canyoning, rapel e tirolesa.

10. Punta Del Este

Os uruguaios e brasileiros fazem a festa em Punta durante o Verão, seja aproveitando as praias, as baladas, o famoso cassino do Conrad ou um passeio de lancha. A cidade fica com bares cheios e tem dias de calor bem animados nesta épocado ano, seguindo a mesma ordem de estações climáticas do Brasil.

 

Fonte: Quanto Custa Viajar

continuar lendo

29/10/18

Halloween: 3 destinos para passar o Dia das Bruxas

A história do Halloween tem sua origem há mais de 2.500 anos, na época em que os Celtas acreditavam que, no último dia do verão, 31 de outubro, os espíritos saiam de seus túmulos e possuíam os corpos dos vivos. É chamada de Halloween na maior parte do Ocidente e, aqui no Brasil, é o “Dia das Bruxas”. Apesar da sua origem um pouco misteriosa e ligada ao paganismo, hoje, o Halloween se tornou uma festa tradicional e comercial.

Separamos três destinos para quem curte os mistérios e histórias sobre assombrações, dráculas e bruxas.

Cidade do México (México)

Considerada uma das festas mais importantes do México, o Dia dos Mortos tem também o título de Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Diferente das outras comemorações ao redor do mundo, no México, a data de 31 de outubro serve como preparativo para o dia dos mortos.

Nesse dia, os mexicanos fazem reuniões com amigos e família para relembrar seus antepassados. Eles acreditam que os mortos recebem permissão celestial para visitar seus entes queridos. Além de se deliciar com atrações e apresentações artísticas, no distrito de Xochimilco, você poderá fazer um passeio à bordo de um barco, que navega por entre os canais do distrito. Para finalizar o passeio, você poderá presenciar a apresentação da lendária La Llorona (A Chorona), um fantasma do folclore mundial, que povoa a mente de muitas pessoas.

Londres (Reino Unido)

A cidade inglesa é conhecida por ser um dos destinos mais procurados do mundo, por seu charme e beleza. Sede da Monarquia na Inglaterra, a cidade também é muito procurada na época do “Dia das Bruxas”.

Ao visitar Londres nessa época do ano, você não pode deixar de visitar a The London Dungeon, o “Museu do Horror”. Os aventureiros mais corajosos podem curtir o passeio a pé guiado pelos principais cenários das histórias do serial killer mais famoso do planeta: Jack o Estripador.

Sem dúvidas, o dia das Bruxas em Londres é um dos mais assustadores do mundo, com um misto de histórias reais e lendas  urbanas.

Nova York (EUA)

O Halloween de Nova York é um dos mais famosos do mundo e pode ser tanto assustador, quanto divertido. Para quem procura programas assustadores, a Royal Holiday tem um tour nas casas assombradas espalhadas pela cidade. As mais procuradas são a Blood Manor, a Nightmare e a Blackout.

Para quem quer um programa mais light na cidade, diversas festas acontecem em paralelo com atrações musicais, teatrais e desfiles.

O Halloween está para os Estados Unidos assim como o Carnaval está para o Brasil. As pessoas começam e escolher qual fantasia usar meses antes da data de 31 de outubro.

Se você se animou e deseja conhecer esses lugares, a gente te ajuda.Fale conosco e aproveite sua viagem!

continuar lendo

26/10/18

Onde comer com o seu personagem favorito nos parques de Orlando

As opções menos concorridas e as mais populares para crianças compartilharem refeições com seus personagens preferidos, nos parques da Disney e da Universal Uma série de restaurantes nos hotéis e parques de Orlando oferece refeições com personagens. O café da manhã é sempre mais barato, seguido pelo almoço e pelo jantar.

Além dos superconcorridos, há outras opções bacanas:

CAFÉ LA BAMBA (Universal Studios)

Às quintas e aos sábados é servido um bufê de café da manhã com frutas, panquecas, ovos mexidos e afins acompanhado de amiguinhos como Dora, a Aventureira, Bob Esponja e os Minions do Meu Malvado Favorito. Custa US$ 34,99 para adultos e US$ 20,99 para menores de 9 anos.

GARDEN GRILL (Epcot)

Ideal para um almoço ou jantar com Mickey, Tico, Teco e Pluto, com um bufê superfresco estilo “all you can eat” com saladas e carnes. US$ 40,46 para adultos e US$ 24,49 para crianças de 3 a 9 anos.

OHANA (Disney’s Polynesian Village Resort)

Ao lado do pai, duas meninas, uma mais velha e outra mais nova, brincam de dançar a hula junto com o personagem Stitch.

Peixes e carnes feitos na brasa embalam um jantar com os fofinhos Lilo e Stitch. Por US$ 43 para adultos e US$ 24 para crianças para comer à vontade.

Reserve se for capaz

Para conseguir uma mesa nos restaurantes mais disputados é necessário reservar no site: a agenda abre com 180 dias de antecedência – o melhor horário para reserva é às 6 da manhã no horário de Orlando. Pede-se cartão de crédito no ato, mas só será cobrada a multa se você não comparecer e não cancelar com o mínimo de antecedência exigido (de 24 a 48 horas). Seja flexível com horários (vale topar o jantar às 17 horas) e considere dividir o grupo em mesas diferentes se for grande.

T-REX

No Disney Springs, encanta principalmente crianças pequenas pela temática de dinossauros da decoração, com bichões imensos e esqueletos dispostos entre as mesas.

BE OUR GUEST

No mais recente castelo do Magic Kingdom, com interior caprichadíssimo cheio de detalhes do filme A Bela e a Fera. Ele funciona como restaurante quick service de dia e à la carte à noite.

CHEF MICKEY’S


Fica dentro do Contemporary Resort, ligado ao Magic Kingdom pelo monorail. Todo mundo quer tomar café da manhã com Pateta, Pluto, Pato Donald e turma antes de seguir para o parque.

CRISTAL PALACE

Um dos cafés mais desejados da Disney, dentro do Magic Kingdom, fica numa bonita estufa em estilo vitoriano. A ideia é comer waffles e panquecas acompanhado da turminha do Ursinho Pooh.

CINDERELLA’S ROYAL TABLE

Dentro do castelo da Cinderela no Magic Kingdom, é o restaurante que incorpora toda a magia Disney do nosso imaginário, permitindo interação com diversas princesas: Bela Adormecida e Branca de Neve, entre outras. O ideal é reservar com seis meses de antecedência.

continuar lendo

17/10/18

As 5 melhores Oktoberfest do mundo

A Oktoberfest é onsiderada a maior festa popular do mundo, e foi criada pelo rei Ludwig I para comemorar seu casamento, no ano de 1810. O evento, celebrado originalmente em Munique, Sul da Alemanha, ganhou fama mundo afora e foi disseminada com várias versões em diferentes países. Ah, o nome Oktoberfest, vem, obviamente, da data, já que tradicionalmente, o festival inicia em meados de setembro e termina no primeiro domingo de outubro.

Ainda falta um tempinho para o mês de outubro, mas já é bom ir planejando a viagem caso você queira mergulhar no caneco. Afinal de contas, a Oktoberfest é a maior festa popular do planeta, e brindar à vida é sempre bom! Confira a lista, organize-se e Prost!


1 – Munique (Alemanha)

A cidade onde tudo começou tem 16 dias dedicados à cerveja. São mais de 16 milhões de pessoas que visitam o evento todos os anos, e o consumo é de mais ou menos 1,6 milhões de litros de cerveja, haja disposição!
 
2 – Cincinnati (Estados Unidos)

Chamada de Oktoberfest Zinzinnati, a festa é a maior “Oktober” dos Estados Unidos e reúne mais de 500 mil pessoas em apenas três dias! Música ao vivo, dança, e claro, muita cerveja fazem parte do calendário do evento. Uma das atrações mais divertidas da festa é a Corrida das Linguiças: cachorrinhos se vestem como verdadeiros hot dogs e correm as ruas da cidade, uma fofura só!

3 – Canberra (Austrália)

Uma típica cidade do interior da Austrália, Canberra resgata as tradições alemãs em uma festa com dança, música, levantamento de caneco e tudo mais conforme o figurino das melhores Oktoberfest. Lá, o evento é realizado no Exhibition Park.

4 – Singapura

Singapura é a casa da Oktoberfest Asia, com cervejas e comidas típicas alemãs. Vale a pena conhecer a versão asiática do evento, que reúne na Tan Quee Lan Street amantes da bebida e das festividades bavárias.

5 – Blumenau (Brasil)

Claro que mesmo com um post dedicado somente às “Oktober” brasileiras não poderíamos deixar de citar a maior das versões nacionais do evento. Blumenau foi fundada por imigrantes alemães e teve mais de 500 mil pessoas em sua edição passada. Cervejas locais e importadas, comida tradicional, música e até um desfile são as atrações da festa catarinense.

Escolha seu melhor destino e curta ao máximo!

continuar lendo

21/09/18

9 motivos para você visitar Montenegro

Muitas vezes esquecida por seu pequeno tamanho e população – são menos de 700 mil habitantes -, Montenegro é um país europeu da região dos Balcãs que guarda boas surpresas e cenários de tirar o fôlego.

Ex-integrante da Iugoslávia, tornou-se independente da Sérvia apenas em 2006. Sua capital é Podgorica, mas a proximidade com Dubrovnik, principal destino turístico da Croácia, abre as portas da região sul do país para o turismo, como veremos abaixo.

Se você mal tinha ouvido falar no país ou se lembrava apenas de como a seleção de vôlei daqui fazia sucesso nos tempos de união com a Sérvia (Sérvia e Montenegro), listamos motivos para você visitar Montenegro.
 

1) O CENÁRIO

O nome do país vem justamente de sua geografia, uma das mais acidentadas da Europa. Suas montanhas negras têm picos de mais de 2,5 mil metros acima do nível do mar.


2) BAÍA DE KOTOR

Um dos cenários mais lindos europeus, a Baía de Kotor virou um dos símbolos de Montenegro. Cercada por uma cadeia de montanhas, essa pequena entrada para o mar recebe cada vez mais turistas. A subida à Fortaleza de Kotor é sofrida e leva mais de uma hora, mas tem um visual incrível.
 

3) CIDADES MEDIEVAIS

O país tem muitas cidades medievais, muitas vezes com suas muralhas preservadas. A própria Kotor e a famosa Budva são algumas delas.

 
4) NOSSA SENHORA DAS PEDRAS

Na cidade de Perast, uma ilha artificial abriga a surpreendente igreja de Nossa Senhora das Pedras, com mais de 500 anos. Reza a lenda que um pescador construiu o santuário após encontrar uma imagem da santa na Baía de Kotor.


5) BUDVA

Além de uma cidade medieval amuralhada super bem preservada, Budva é conhecida por ser o principal balneário de Montenegro, com praias lotadas durante os meses de verão. A praia em si não é das mais lindas, mas o clima e o agito da cidade são uma delícia.


6) CÂNION DO RIO TARA

Maior cânion da Europa e segundo do mundo, o incrível Cânion do Rio Tara chega a ter 1.300 metros de altura. Fica ao norte do país, no Parque Nacional Durmitor, e é Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.


7) PREÇOS MAIS BAIXOS

A moeda de Montenegro é o Euro. E comparado com a vizinha Croácia, você notará que os preços são bem mais camaradas.

 
8) COMIDAS

Se você gosta de frutos do mar, vai se esbaldar no litoral de Montenegro. Com os preços bem camaradas, você pode provar grandes delícias. Uma das especialidades da região de Budva é o mexilhão. E eles o servem com cada molho…


9) BATE-VOLTA

A proximidade das principais atrações de Montenegro com a fronteira da Croácia é um ótimo motivo para você visitar o país mesmo que seja em apenas um dia, num bate-volta. Se estiver em Dubrovnik, na Croácia, pode alugar um carro ou pegar um dos diversos tours para o país vizinho.

 

continuar lendo