Blog

20/09/17

Desapegue: viaje apenas com a bagagem de mão!

Na hora de viajar, a maior preocupação está sempre relacionada à árdua tarefa de arrumar as malas. Se já é difícil normalmente, imagina com o desafio de viajar apenas com a bagagem de mão? Vamos ver algumas dicas para viajar sem precisar despachar malas?

As vantagens de viajar só com a bagagem de mão

Antes de mostrar como isso é possível (e nem tão difícil assim), vamos listar aqui a principais vantagens de quem viaja apenas com uma mala:

1. Economia

Pelo menos até hoje, as companhias aéreas não cobram por bagagem de mão, e mesmo com algumas mudanças nas regras da ANAC em relação ao peso das bagagens de mão (que agora permite até 10 kg), se mantém gratuita. Lembrando que despachar bagagem é caro, principalmente quando o volume pesa mais que a quantidade especificada pela empresa.

2. Viagens mais rápidas

Se você estiver viajando apenas com bagagens de mão e fizer check-in online, não será necessário perder tempo em filas antes de ter acesso ao portão de embarque! E o que é extremamente prático na hora do embarque, fica ainda melhor no desembarque: você não vai precisar ficar esperando sua mala aparecer na esteira, o que pode consumir boa meia hora de qualquer viajante.

3. Sem extravios

Ao carregar seus pertences consigo, dois riscos enfrentados por quem despacha bagagem são eliminados: extravio e danos a objetos pessoais. Todo o necessário para a sua estadia fora de casa estará sempre pertinho de você e longe das mãos de funcionários com pressa para terminar suas atividades – e você não precisará se preocupar tanto com acessórios de segurança para proteger suas malas.

4. Locomoção facilitada

Já pensou que maravilha poder andar pra lá e pra cá, sem se preocupar com o peso de uma mala nas costas? Mesmo as malas com rodinhas podem ser desconfortáveis para quem não tem um carro à sua disposição.

Esqueça aquelas malas portáteis, quadradas e duras com rodinhas! É o conselho de Doug Dyment, criador do OneBag.com. Segundo Doug, as melhores malas de viagem para levar consigo são as flexíveis e adaptáveis. Ele sugere que você opte sempre por bolsas macias e menores, com alças e que podem virar mochilas, travesseiros e muito mais, além de se adaptarem a qualquer canto.

Ou seja, você pode moldar esse tipo de mala, para que ela caiba em qualquer lugar, sendo possível ainda aproveitar melhor todo o espaço interno e bolsos.

Outro detalhe importante: a bolsa escolhida deve respeitar o tamanho e o peso permitidos para bagagens de mão de cada companhia aérea. A companhias aéreas brasileiras (GOL, LATAM, Azul e Avianca) adotam as mesmas regras de peso, ou seja, todas permitem bagagens de até 10 kg. As dimensões permitidas dependem de cada companhia aérea, e as medidas das malas estão sendo rigidamente cobradas, tanto no Brasil quanto no exterior.

Como arrumar a mala? O que levar?

Nada além do necessário, o que exclui pares de sapato extras, diferentes opções de blusas, secador de cabelo, entre outros itens que costumam fazer parte de quem ‘peca pelo exagero’ na hora de viajar. A dica, portanto, é pensar na sua última viagem e tentar lembrar o que você levou e nem sequer tirou da mala.

Faça uma lista do que é prioridade, do que pode fazer falta e do que é facilmente dispensável. Em seguida, vá eliminando itens até chegar ao que é realmente necessário. Preste atenção também no que pode e o que não pode ser levado na bagagem de mão, para evitar que você tenha que deixar alguma coisa ao passar pelo raio-x.

Para viajar apenas com bagagem de mão, é ideal usar mochilas que tem muitos bolsos, compartimentos laterais e entrada superior. Durante viagens muito curtas, ele recorre à pequena mochila da marca Gota.

A lista do Sam se divide em itens absolutamente essenciais:

• Passaporte;
• Carteira de motorista;
• Bilhetes de avião ou impressões de cartões de embarque;
• Cartões bancários (débito e crédito) + algum dinheiro;
• Detalhes de aluguer de hospedagem e transporte.

Vestuário:

• Blusa ou camiseta com toca, que pode ser usada para bloquear a luz ao dormir;
• Jaqueta Dressy — normalmente usado no avião;
• Camisetas;
• Camiseta de manga longa;
• Calça de brim;
• Calça leve com pernas removíveis — que podem virar bermudas;
• Roupa de banho;
• 3 pares de meias;
• 3 pares de peças íntimas;
• Chapéu de sol — se visitar clima ensolarado;
• 1 par de sapatos/botas — normalmente usado no avião;
• Chinelos ou sandálias — quando visita lugares quentes;
• 1 par de sapatos mais sofisticado, para sair à noite;
• Cinto — usado no avião.

Acessórios:

• Garrafa d'água;
• Câmera digital + carregador;
• Celular + carregador + fones de ouvido;
• Cortador de unhas;
• Óculos de sol;
• Tampões para ouvido;
• Kit de primeiros socorros — normalmente só levado em viagens ecoturísticas;
• Caneta e bloco de notas pequeno com detalhes de voos e outras informações importantes;
• Mapas, guias, livros de frases;
• Material de leitura — normalmente pelo menos um livro de bolso.

Higiene pessoal:

• Escova de dentes, creme dental, fio dental;
• Produtos para barbear;
• Pequena embalagem de xampu e sabonete;
• Hidratante;
• Protetor solar;
• Desodorante.

Nota: as regulamentações atuais afirmam que embalagens quaisquer líquidos ou géis (perfumes, xampu, água potável, etc) não devem ultrapassar 100 ml (por frasco) e devem ser embaladas em um saco transparente, hermeticamente fechado. Vale lembrar que estas restrições estão sujeitas a alterações. Por isso, sempre verifique as informações junto à companhia aérea com a qual você vai viajar.

A arte de guardar as roupas na mala

Para deixar sua bagagem ainda mais compacta, vale a pena investir em formas diferentes de dobrar as roupas. Uma delas é o Bundle Wrapping, método que utiliza pequenas peças de roupa como "núcleo” da dobradura, em torno das quais outros itens são envolvidos. Com isso, camisas ou calças jeans servem como pacote para os demais objetos e peças de roupa.

Embora prático, para deixar tudo mais organizado, este método tem algumas desvantagens, como ser necessário desembalar o pacote inteiro sempre que for necessário retirar algum item da sua bolsa.

Como última sugestão: tente sempre usar os itens mais volumosos durante o trajeto dentro do avião e use seus bolsos sempre que possível.Desapegue e viaje mais leve e tranquilo!

Fonte: Skyscanner


compartilhe nas redes sociais: